Exclusivo: Portugal passa a Argentina e é o segundo colocado no ranking de vinhos importados

Portugal redescobriu o Brasil. Ou melhor, os consumidores brasileiros redescobriram o vinho português. Talvez seja mais correto dizer, os importadores passaram a lotar seus contêineres com vinhos portugueses. O fato é que o relatório preparado pela Consultoria Ideal, obtido com exclusividade pelo Blog do Vinho, registra uma mudança e uma tendência nos números da importação de vinhos no…

Os brasileiros preferem Malbec, cerveja a vinho branco e o Chile lidera as importações

O que bebem, como vivem, quantos são e quem são os brasileiros que têm por hábito ter a companhia um copo de vinho pelo menos uma vez por semana? Eles existem? Sim. E estão entre nós. Para tentar responder estas questões, uma pesquisa foi realizada com mais de 700 consumidores pela empresa de consultoria inglesa Wine…

O que a escolha do crítico Steven Spurrier como Homem do Ano tem a ver com o papel das comunidades e redes sociais de vinho

  O jornalista e critico de vinhos Steven Spurrier levou o título de homem do ano de 2017 da revista inglesa Decanter (leia aqui reportagem – em inglês), a mais prestigiada publicação do setor. Esta honraria joga luzes, desde 1984, sobre uma personalidade importante do mundo do vinho e já elegeu produtores, críticos e enólogos. A divulgação…

Com este calor, só um espumante salva!

A despeito dos conselhos dos manuais de estilo das redações – quando ainda existiam manual, estilo e redações, não necessariamente nesta ordem –, eu repito o título neste início de texto: com este calor, só um espumante salva! Leia também: Espumantes brasileiros: preferência nacional  O verão resolveu castigar aqueles que estão trabalhando (alguém?) e presentear…

O vinho brasileiro ganha espaço em restaurantes, em loja exclusiva e na sua casa

Algumas pessoas, as mal informadas, se espantam quando eu digo que tomo vinho nacional – e com alguma frequência. Esboçam aquele sorriso incrédulo seguido de um “ah, vá” e, diante da minha insistência, recorrem ao segundo argumento mais utilizado diante da possibilidade de desarrolhar um rótulo verde-amarelo: “Ok, até tem alguns bons, mas o preço…”.…